anunciopost1




Pokemon Go inspira novos jogos de realidade aumentada baseados em blockchain



Com o lançamento do Pokémon: Detective Pikachu crescendo em popularidade, o Pokemon GO mais uma vez ganha os holofotes e concorrentes começam a explorar ainda mais esses jogos de realidade aumentada.

Algumas empresas estão começando a integrar a realidade aumentada (AR) com a tecnologia blockchain para obter vantagem competitiva sobre o jogo da Niantic, desenvolvedora do Pokémon GO. E uma dessas empresas é a Tencent.

Recentemente, a gigante de jogos chinesa Tencent decidiu unir tanto a ideia de Pokémon GO com o sistema de colecionar, até porque Pokémon sempre foi baseado em captura seja nos jogos criados a décadas atrás ou até mesmo o TCG (Trading Card Game), e a empresa chinesa estão começando a fazer isso com a tecnologia blockchain.







O jogo chama-se Let's Hunt Monsters e atualmente é um dos jogos para celular mais baixados da China, um país onde o Pokemon GO não está disponível devido ao banimento do Google Maps.

No entanto, o jogo da Tencent não é o único projeto que usa o blockchain com o Pokemon Go, Augmentors é outro jogo de AR que se concentra em lutar e colecionar cyborgs, monstros e deuses personalizáveis, assim como Crypto Hunt é mais um jogo de realidade virtual que se inspira no Pokémon GO.

Isso expõe uma tendência crescente de mesclar o AR e o blockchain para experiências virtuais interativas e seguras no mundo real, pois muitos outros projetos estão sendo feitos em 2019.







A chinesa Tencent é provavelmente apenas o começo de um impulso para a realidade aumentada baseada em blockchain, e é apenas uma questão de tempo até que esses projetos sejam otimizados para dispositivos móveis. 

Algumas startups, como a Lucyd, já estão trabalhando em uma nova geração de aplicativos móveis de realidade aumentada com plataformas descentralizadas, com a indústria de realidade aumentada deve ficar mais cheia nos próximos anos, o Pokemon GO poderá em breve ter muito mais concorrência do que se imagina.




Alguns pensam que seria sensato a Niantic adotar a tecnologia blockchain para o Pokémon GO junto com seus concorrentes antes de perder sua vantagem competitiva, porém acho difícil pois estamos falando de uma franquia que se vende sozinha, podemos olhar para o lado e ver seus irmãos de "console" que sempre que sai novos jogos vendem muito, como é notado Pokémon já é uma marca forte e consolidada e por mais que essa nova tecnologia está aí para melhorar ainda mais os jogos baseados em realidade aumentada, ainda vai demorar muitos anos para jogos do tipo conseguir desbancar Pokémon GO.

Me siga nas redes sociais: FacebookInstagram e Twitter.

Postar um comentário

1 Comentários