anunciopost1




Brasil o país do jeitinho, e de uma reforma da previdência com mais jeitinho ainda.


Fala Pessoas!

Hoje venho falar um pouco mais sobre a reforma da previdência, é um assunto difícil de ser abordado, se você pega todas as grandes mídias vendidas elas tratam esse assunto com detalhes técnicos demais, e não dão a verdadeira informação para aquelas pessoas que estão com mais dificuldades de entender sobre o assunto, se colocasse de forma mais simples, as pessoas mais velhas e até mesmo os "pseudo-analistas" poderiam explicar melhor para os outros.

Minha crítica aqui hoje é simples, direta e rápida, portanto não irei fazer um longo texto explicando as coisas, como sempre para isso existe a internet, e como já falei várias vezes, aqui dou a minha opinião sobre o caso de forma sucinta e objetiva.




Primeiro de tudo para quem é essa Reforma?


Sendo sincero, até agora está tão enrolado que fica difícil explicar isso, mas uma coisa é certa, ela acaba de vez com as super-aposentadorias dos servidores públicos e deputados, que hoje ganham em média R$ 30mil por mês, enquanto a Dona Joana, ganha seus R$ 998,00. Portanto, sim, ela resolve um grande rombo mas não todo ele.

Sabe o famoso, DIREITO ADQUIRIDO, pois é, portanto quem já tem super-aposentadorias não perdem elas, e aqueles sangue-sugas atuais, continuarão sendo sangue-sugas.

Outro ponto importante é saber que, o que dificulta é a belíssima CASTA de deputados que enchem a boca para "defender" o povo, mas só estão pensando em seus próprios interesses, portanto, ao invés de ajudar o povo que os elegeram, eles estão preocupados com o que vão ganhar se "ajudarem" nessa Reforma da Previdência, portanto, o famoso toma-lá-dá-cá.

E acima de tudo, essa incerteza do próprio governo em querer defender uma única classe, MILITARES, e não colocar esse mesmo povo no mesmo bolo da Dona Joana, do Seu Nelson, que querendo ou não trabalharam tanto quanto os militares, mas na "teoria" criada por eles mesmos, são diferentes.


O fato é, contribuição ao INSS é simples, e pelo governo querer "tomar conta" do seu dinheiro, obriga a ter aquele desconto mensal para "ELE MESMO" poder ditar como você vai receber e SE vai receber quando mais precisar, resumindo, se ao invés do governo querer meter o "bedelho" na sua conta, se as pessoas adquirissem um pouco mais de conhecimento, iriam perceber que não precisa do governo para aposentar, e que se pegasse essa mesma porcentagem e aplicasse em uma Renda Fixa, teria muito mais dinheiro no final.

Minha conclusão, e o que realmente acho DESSA ATUAL reforma, é que é um jogo de poderes, onde um quer aparecer mais que o outro, e no final quem vai se fuder mesmo, vai ser o próprio povo, claro que vai melhorar, se de fato atacar os privilégios do pessoal lá de cima, mas se não validar isso para 2022 em diante, o Brasil sempre será esse país atrasado, com pouco investimento, com um povo sempre vivendo do "jeitinho brasileiro", e pagando muito além daquilo que realmente deve ser pago.

Pra finalizar, fiquem atentos, ensinem aqueles que tem pouca informação, ou informações "distorcidas" da mídia, você pode fazer a diferença para aqueles outros que muitas vezes não conseguem buscar a mesma informação que você.

Bom até a próxima pessoal!

Postar um comentário

0 Comentários